Trabalhando Com Isopor

Como Trabalhar Com Isopor
Trabalhar com este material requer algumas técnicas que podem ser desenvolvidas em pouco tempo, dentre elas o conhecimento sobre as ferramentas e os materiais que ira utilizar, vou comentar sobre algumas delas, porém use as informações apenas como referência, pois cada um deve se adequar as suas disponibilidades de ferramentas e materiais, então use a criatividade.
Isopor
O primeiro objeto a ser comentado é o isopor, vendido em papelarias e lojas do ramo de festas, em forma de placas disponíveis em tamanho padrão de um metro por meio metro e espessuras que variam de meio em meio centímetro apesar de sua baixa resistência mecânica é um material muito leve e com boa resistência as intempéries, pode ser lavado e é fácil de ser cortado e esculpido mostra-se, portanto como um dos materiais mais adequados para este tipo de trabalho.
Quando for adquiri-las, tenha alguns cuidado na escolha para não acabar comprando e depois por estarem com algum defeito e inviabilizarem o seu uso terem que ser jogadas fora, ao adquiri-las faça uma inspeção em busca de defeitos aparentes, tais como: partes amassadas, buracos e trincas, em seguida observe a textura que deve ser a mais lisa possível, veja na foto abaixo, a diferença de textura entre duas placas diferente:  
Observe como a da direita da régua é muito mais lisa, podemos então tirar a conclusão que é mais fácil pinta-la e que a peça ficará com uma aparência bem melhor, porém nem sempre é fácil encontrar placas de boa qualidade, e o que se pode fazer para amenizar o problema é aplicar sobre a peça uma camada de massa corrida dessas que se usa em pintura residencial, mas ela só deve ser aplicada depois que o isopor já tiver sido cortado (e esculpido se este for o caso) no formato da peça, pois caso contrario fica-rá difícil corta-la com precisão principalmente se for utilizar o cortador de isopor elétrico, ou seja, a aplicação da massa corrida deve fazer parte da pintura da peça. Outro detalhe importante é fazer com que esta camada de massa corrida seja a mais fina possível, para não deixar a peça pesada demais dificultando sua fixação com fitas no momento de ser utilizada na decoração.
A sequência para produzir uma peça de isopor é a seguinte:
Feita a escolha da placa, transfira a imagem a ela e depois recorte. Com uma lixa para massa ou madeira nº 150 passe nos cantos para tirar as quinas e arredondar, se for isopor de baixa qualidade aplique a massa corrida e depois lixe a peça toda, é obvio que se fizer isso terá que reaplicar a imagem na peça novamente, em seguida pinte com tinta acrílica (tinta para tecido), se quiser esculpir faça-o antes da aplicação da massa e da pintura utilizando um estilete ou um soldador de eletrônica de 30 Watts.
Depois que a pintura estiver seca, dissolva cola branca (cola de papel) na proporção de um por um, e com o auxilio de um pincel de 25 mm aplique-a por toda a peça e sobre esta cola, aplique glitter da mesma cor da pintura, aguarde a secagem, e quando estiver seca, para reforçar a fixação do glitter e ajudar proteger a peça, faça uma reaplicação bem rápida de outra camada de cola dissolvida.
Obs.: peças com este acabamento não podem ser lavadas, caso queira lava-las a sugestão é a substituição da cola branca por verniz à base de água.
Detalhe:
Nunca use verniz a base de solventes químicos, pois se o fizer vai ver sua peça derreter-se literalmente na frente dos seus olhos.
Estes procedimentos se aplicam a qualquer uma das quatro maneiras de se produzir peças de isopor.

Frequentemente estou publicando novos artigos, se desejar receber informações sobre estas publicações, cadastre seu e-mail, ou se inscreva em meu canal de vídeo.
Gostou?
Então me ajude a divulgar nas redes sociais das quais você participa.

3 comentários:

  1. Ola,
    muito interessante suas dica!
    Voce poderia me esclarecer algumas duvida?
    -A massa corrida, adere bem ao isopor? nao descola ou trinca com o tempo?
    -Ha nescessidade de passar a cola branca por cima da massa corrida? ou posso passar a tinta diretamente?
    obrigada

    ResponderExcluir
  2. Olá Carla,
    Massa de boa qualidade adere sim, mas considere que além tornar a peça pesada para ser pendurada na parede, com o tempo pode ocorrer estes problemas que você citou, portanto este processo só é recomendado para peças 3D que ficam no chão ou sobre a mesa e somente uma camada bem fina para corrigir falhas.
    Aplique a tinta sobre a massa corrida e só depois se desejar a cola branca diluída por cima.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por responder Ivair,
    Na verdade eu quero fazer um forro de uma casa muito antiga, usando placas de isopor, apoiadas na estrutura do telhado e diretamente sob as telhas. Quero fazer de isopor, mas nao queria que parecesse isopor, por isso pensei em passar uma camada de massa e depois pintar. Mas se pode trincar e começar a soltar,talvez seja melhor eu colar um tecido ou um papel de parede!!
    Muitissimo obrigada e parabens pelo Blog!
    Carla xx

    ResponderExcluir