O Que Não Se Deve Fazer

Decorando Festa Infantil

Quatro coisas que não se deve fazer ao decorar uma festa
Podem parecer meio ingênuos ou desnecessários estes comentários, talvez até ofensivos para algumas pessoas, portanto se assim o for, desconsidere-os, no entanto são pontos importantes que não se pode ignorar.
Quando for decorar uma festa, siga estas recomendações:

Não coloque o dinheiro em primeiro lugar
Visar o lucro em primeiro lugar é um péssimo negócio, o importante é fazer o possível para cativar o(a) cliente e aguardar que o resultado virá em seguida. Agradar o(a) cliente deve ser o principal objetivo de um profissional, pois é ele quem paga as suas contas.
Então esta é a primeira dica:
Não coloque o dinheiro em primeiro lugar ele deve ser consequências do seu trabalho.

Não de palpites na festa dos outros
Quando for decorar uma festa lembre-se que o evento não é seu, portanto não é você quem deve dizer como fazer as coisas, quer ser legal? Não interfira nem fique dando palpites sobre como deveria ser feito ou não, a não ser que o(a) contratante lhe peça uma opinião. A sua presença no local tem o objetivo único de decorar o ambiente, então se restrinja a ele.
No entanto se quem contrata vier dar algum palpite de como ele(a) quer que seja feito alguma coisa dentro da sua área, desde que não venha a prejudicar a qualidade e a segurança do seu serviço, minha sugestão é de que acate o pedido, afinal não custa nada agradar o(a) cliente é obvio que esta interferência deve ter limites, pois como exemplo podemos dizer o seguinte: em uma decoração em que o tema pede balões rosas e azuis e o(a) cliente quer que você use verdes e amarelos, não da não é?
O que tem que prevalecer é sempre o bom senso, neste caso e só em casos como este, sempre baseado na originalidade do tema que será usado, com muita delicadeza diga a ele(a) que existe um padrão a ser seguido e que, o que ele(a) deseja não irá combinar com o restante da decoração, pois o tema escolhido, através de estudo de quem o desenvolveu, requer determinadas cores que devem ser respeitadas afim de não perder a harmonia de todo o conjunto.

Não se convide para a festa
Mesmo que o(a) cliente seja um amigo(a), seja profissional, você está ali porque foi contratado(a) com a finalidade de decorar a festa e não se chateie e nem se sinta menosprezado(a) se não foi convidado(a) a participar dela, pois pense bem: em uma festa não dá para convidar todas as pessoas que se conhece, ao contrario fique feliz por ter sido contratado(a) entre tantos outros concorrentes.
Seja respeitoso(a) e nunca jogue a indireta: você não vai me convidar? Ou aquela assim: faz festa e nem me convida, ninguém tem a obrigação de convida-lo(a) só porque te conhece.
Saiba que boa parte dos(as) clientes são ou serão seus amigos(as) e deverão continuar assim.

Não utilize material inadequado

Veja a parede que encontramos em um salão, é óbvio que a pintura é de baixíssima qualidade, no entanto a tinta (foto da esquerda) não saiu sozinha, veja também que tem um furo feito com prego, e na outra foto, observe a quantidade de fitas grudadas na parede, lembro-me que a maioria delas era dupla face, que é extremamente inadequada a este propósito, sendo muito difícil de ser retiradas posteriormente, e para piorar, veja a que ponto chega à péssima qualidade dos profissionais, pois até cola quente foi usado nesta parede, este local é um centro comunitário muito utilizado e pouco respeitado pelo que se vê, pense bem será que atitudes assim agradariam o(a) cliente.

Não deixe rastros
Já ouvi de um proprietário que uma determinada empresa não entraria mais para decorar seu salão devido ao relaxo como o deixou depois de uma festa, fitas nas paredes, linhas amarradas em vitrôs e pregos fincados, atitudes como estas desagradam muito e dificilmente quem as toma será recomendado para outras pessoas, quando for buscar a decoração, aja sempre assim: o que colocar, retire, o que colar, descole, se sujar, limpe, enfim deixe o ambiente igual a quando você o encontrou.
 Festa mesmo é Ver Cliente Feliz

 Frequentemente estou publicando novos artigos, se desejar receber informações sobre estas publicações, cadastre seu e-mail, ou se inscreva em meu canal de vídeo.
Gostou?
Então me ajude a divulgar nas redes sociais das quais você participa.

11 comentários:

  1. obrigado e parabéns pelas valiosas dicas! Estarei sempre por aqui..rs..

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog! e parabéns pela atitude de dividir os seus conhecimentos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OK Célia, grato pelo comentário, volte outras vezes.

      Excluir
  3. nunca pensei no que não pode fazer, e sim no que se monta na festa, muito bom! com certeza os minimos detalhes contam, amei

    ResponderExcluir
  4. Parabéns IVAIR
    Amei as dicas.
    um abrço

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivair,
    No texto acima você fala que fita dupla face e inadequada para colar coisas nas paredes, trabalho com decoração e também não gosto de usar ela, pois mancha os tecidos, o que você recomenda para fazer a fixação de peças na parede?
    Seu blog me ajudou muito quando iniciei no ramo de decoração.

    ResponderExcluir
  6. Olá Michely Souza, É difícil dizer use esta ou aquela fita, pois cada parede está de um jeito e requer fitas diferentes, o ideal é a fita crepe, portanto tente usar esta primeiro, pois é mais fácil de ser removida, mas é bom você levar outras também, fita transparente (durex), esparadrapo, assim caso uma não cole, a outra o fará, em certos casos onde não se consegue colar com fitas é necessário fixar na parede um tecido e depois fixar as peças sobre o tecido e neste caso use alfinetes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Obrigada pela dica, confesso que só tinha tentado usar a fita dupla face, mais não gostei do resultado, por isso sempre uso as peças no chão, como toter, mais causa uma certa aflição das crianças derrubarem e quebrar.
      Mais uma vez obrigada!

      Excluir